× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: andreaguilherme

Baixar

Andréa e Guilherme

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Andréa e Guilherme

Sobre os noivos

Caminhos que se entrelaçam / paths that cross

Alguns chamam de destino, o Guilherme chama de determinação, mas não podemos negar que parece que estávamos destinados a nos encontrar.

Andréa, paulistana, e Guilherme, catarinense, essas vidas nunca teriam se cruzados se não fosse um destino em comum do outro lado do Oceano e bastante mais ao Norte do mundo.

Em 2012, mudamos para a Dublin, Irlanda, para o início de uma jornada de aprendizado e crescimento pessoal. Um dia nos encontramos em uma festa, graças a um amigo em comum, Ricardo Malheiro, e tudo aconteceu naturalmente.

Próximo da data de retorno do Guilherme o assunto de onde íamos morar no Brasil acontecia de tempos em tempos. Mal sabiam as peças que o destino ia pregar.

Após 6 meses de intercâmbio, a Andréa aceitou uma proposta para permanecer na Irlanda. O Guilherme, por sua vez, voltou para o Brasil com a promessa de que em alguns meses voltaria, para ficar e com a idéia fixa que ia se casar com a Andréa.

Burocracias fizeram com que meses virassem dois anos e a neste período encontraram-se 4 vezes. A distância fez a convivência passou a ser mais difícil e optaram por separar-se.

Foi então que o Guilherme recebeu a proposta positiva da sua cidadania Italiana. Agora com podendo planejar um futuro, o contato retornou e aos poucos reataram o namoro. Porém, ainda não era tempo para ficarem juntos.

Acreditando que a intenção de um relacionamento é gerar felicidade sem a anulação de nenhuma das partes. Respeitando as individualidades e os sonhos pessoais de cada um, decidimos conjuntamente, aguardar o tempo da equiparação profissional do Guilherme em Portugal.

Um ano passou, agora formado e com diploma de um país Europeu, Guilherme mudou-se para a Irlanda e aplicou para o registro na Ordem dos dentistas da Irlanda. O registro foi negado e a notícia de que para exercer a profissão teria que voltar para Portugal por 3 anos caiu como uma bomba no relacionamento.

Novamente, juntos, decidiram que o esforço seria recompensado. Entre Portugal e Irlanda, Skype e Whatsapp, e uma data muito agradada, abril de 2019 estão seguindo firme e forte para o início de uma nova família.

Essa história, que parece até um conto de fada esta prestes do ‘SIM’ e somos, ambos, muito orgulhosos da nossa história.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

   Some call it fate, Guilherme calls it determination, but we cannot deny that it seems we were destined to meet.

Andréa, from São Paulo, and Guilherme, from Santa Catarina, these lives would never have crossed if it were not a common destination on the other side of the Ocean and much more to the North of the world.

In 2012, we moved to Dublin, Ireland, to start a journey of learning and personal growth. One day we met at a party, thanks to a mutual friend, Ricardo Malheiro, and everything happened naturally.

Near the date of Guilherme's return the subject of ‘where we were going to live in Brazil’ was discussed sometimes. We could not imagine what the destine was preparing…

After six months in Ireland, Andrea accepted a professional proposal to stay in Ireland. Guilherme returned to Brazil with the promise that in a few months he would return, to stay and with the fixed idea that he was going to marry Andrea.

Bureaucracies made it two months turn into two years and in this period, we met 4 times. The distance made the relationship more difficult and they chose to separate.

It was then that the answer to Guilherme's European citizenship took place. Now with a possibility of planning a future together, they decided to be together again. But it was not yet to be physically together.

Believing that the reason to be in a relationship is to be happy without the annulment of any of the parties. Respecting the individualities and personal dreams of each one, we jointly decided to wait for the time of Guilherme's studies in Portugal in order to work in Ireland as a dentist.

A year passed, now graduated, Guilherme moved to Ireland and applied for registration in the Order of Dentists of Ireland. The application was denied and the news that to exercise the profession would have to return to Portugal for 3 years fell like a bomb in the relationship.

Again, together, we decided that the effort would be rewarded. Between Portugal and Ireland, Skype and Whatsapp, and with a date in mind, April 2019, we continue in a relationship full of adventures.

This story, which seems like a fairy tale, is getting close to the 'I DO' and we are both very proud of our story.